Ainda encontro-me presa a tudo. Sou marionete dos meus sentimentos, mas preciso me livrar disso. Preciso que esse elo se rompa, que essas lembranças se apaguem, que tudo se perca com o tempo, que a dor diminua.
Mentira. 
Quero lembrar pelo menos isso. Já que o resto não me cabe possuir. Preciso me libertar, soltar essa ilusão e desapegar desse meu sonho insano. Preciso cuidar mais de mim, preciso voar sem destino certo, sem direção. Só pra sentir a brisa no meu rosto e me acalmar. 

Deixe um comentário